Hérnia de Disco Cervical

Hérnia de Disco Cervical – Fatores como uso de travesseiro errado, uso de óculos inadequado, cochilos no sofá com a cabeça mal posicionadas, realização de  trabalhos com a cabeça olhando para cima ( pintar o teto ou parede), posição da cabeça para trás por períodos prolongados como (lavar a cabeça no salão de beleza)  são alguns  fatores que potencializam a compressão do disco nas  raízes nervosas provocando  irritação,  dor e o amortecimento nos braços. O disco vertebral é um material gelatinoso que age como um amortecedor inteligente. Ele se localizado entre as vértebras distribuindo as cargas, facilitando os movimentos do pescoço e cabeça e está e sobre pressão constante. No decorrer da nossa vida os discos, principalmente os da coluna cervical e lombar se desgastam e dependendo do trabalho, genética, fatores posturais, tensionais, stress, traumas, podem se romper e afetar o nervo que passa ao lado. Quando se rompem, o material gelatinoso do disco desloca-se de sua posição normal. Este deslocamento é chamado de Hérnia de Disco. Geralmente causa dor que pode ser vaga ou bem definida no pescoço e suas adjacências, como também pode irradiar para o braço até a mão e dedos. Algumas pessoas ocasionalmente podem sentir câimbras, dormência e formigamento. Certas posições ou movimentos do pescoço podem intensificar a dor e outras podem aliviá-la. Algumas vezes pode ser fortemente incapacitante, como a perda de força, dificuldade de levantar o braço e pegar objetos com a mão do lado afetado. A hérnia de disco cervical pode gerar dor de cabeça, dor na nuca, agravar cefaleias como a enxaqueca.
Fonte: boa postura