Cuidar dos pés na infância pode evitar futuros problemas

Cuidar dos pés na infância pode evitar futuros problemas. A formação adequada dos pés durante a infância pode evitar problemas nas pernas, quadril e coluna vertebral. A postura do corpo humano está intimamente ligada aos pés. Criado para suportar as enormes pressões do dia a dia e permitir a execução de diversas atividades, ele ainda proporciona flexibilidade e resistência aos seres humanos. Para o individuo ter uma boa postura, o centro de gravidade deve projetar-se na base de sustentação representada pela planta dos pés. Caso o centro de gravidade esteja fora do eixo, ocorrerá um aumento dos desequilíbrios musculares e articulares, prejudicando o alinhamento corporal e proporcionando desvios. O diagnóstico e o tratamento precoce do pé da criança é fundamental para assegurar um crescimento correto e prevenir o aparecimento de alterações estruturais e funcionais.

A Podoposturologia

A podoposturologia (Reeducação Postural através de palmilhas), tem como objetivo prevenir e tratar os transtornos da postura e do equilíbrio corporal através dos neurorreceptores da planta dos pés. Esta especialidade teve origem na escola francesa e busca integrar os conhecimentos entre a estreita relação dos pés, olhos e oclusão dentária com a postura corporal O intuito é reduzir os picos de pressão em certas áreas dos pés decorrentes da má postura e distribuir a força de reação do solo por toda superfície plantar, de forma homogênea e bilateral..Para avaliarmos a pressão dos pés em posição estática (em pé) e ou dinâmica (marcha), além de um exame físico, há um aparelho eletrônico chamado Baropodometria,  que  quantifica e mensura a pressão dos pés através de sensores dispostos em uma plataforma. Este exame irá diagnosticar com exatidão tipos diversos de pé (normal, plano ou chato, cavo), as rotações de eixo na tíbia (rotação interna ou externa), o posicionamento da pelve, o alinhamento da coluna vertebral e os pontos máximos de pressão plantar, que diminuirão a circulação sanguínea aparecendo lesões na pele.

Quais as alterações que podem ocorrer nos pés da criança? Conheça algumas dicas.

Algumas alterações nos pés são herdadas, mas também existe uma porcentagem que pode acontecer na cama devido à posição que a criança adota para dormir. No entanto, os problemas podem mesmo começar a surgir na fase intra-uterina, devido à posição fetal em que se encontram as pernas. Atenção especial ao uso de roupas apertadas, como meias e os macacões com pezinho (os famosos mijão, tip-top), pois pela pressão exercida sobre as unhas, pode favorecer o encravamento. Quando a criança se senta em cima das pernas tende a colocar os pés para fora e quando começar a andar, costuma se apoiar na ponta dos pés. É nesta fase que se tornam mais evidentes alguns problemas característicos: caminhar com os pés para dentro. O uso de calçado inadequado pode resultar em diversos problemas, desde as reações cutâneas até as alterações estruturais, comprometendo a forma e a funcionalidade do pé. É muito importante salientar que muitas destas alterações estão de acordo com a fase de crescimento em que a criança se encontra, não se apresentando muitas vezes como patologias, mas sim como algo passageiro que será ultrapassado sem sequelas à medida que ocorre o crescimento. É importante a criança sentir vários tipos de superfícies de apoio e a irregularidade do terreno, para estimular constantemente a formação do pé, por isso a importância em deixar a criança caminhar descalça.

Estimule o desenvolvimento saudável dos pés

CB101959

Tudo o que force o pé a assumir a forma côncava da planta do pé, como a areia seca, andar descalço ou somente com meias em terrenos variáveis, é sempre bom para manter a formação natural dos pés e fortalecer os ossos, tendões e músculos dos pés. O diagnóstico e tratamento especializado do pé da criança são fundamentais para assegurar um crescimento correto e prevenir o aparecimento de alterações estruturais e funcionais. Quer saber mais como seu filho pisa, anda e qual o tipo de pé e postura ele tem, procure um fisioterapeuta especializado em Podoposturologia e realize  o teste da pisada chamado Baropodometria.

Fonte: boapostura